terça-feira, 14 de junho de 2016

NUDE MEN IN PICS, FOTOS DE HOMENS NUS,


Modelos posam nus em protesto contra fechamento de espaços culturais de Brasília

Ao se deparar com o Teatro Nacional abandonado, Sérgio Costa Vincent, fotógrafo morador de Brasília, resolveu, com o nu artístico, protestar pelo descaso com muitos centros culturais no Distrito Federal.

Intitulado Abandonados, o projeto será exposto em agosto, mês da fotografia, na Asa Norte. Sérgio trabalha com a nudez em forma de arte há 10 anos. Ele conta que notou o Teatro Nacional abandonado e resolveu juntar seu trabalho com um protesto.


Em entrevista ao R7 DF, o profissional contou que dava uma aula particular a alunos quando notou o local abandonado, e vários usuários de drogas na região. Decidiu intervir a favor da cultura:

— O Teatro é um marco, um monumento da cidade. Fiquei indignado e juntei o meu trabalho com uma forma de protesto. Resolvi jogar uma gota d’água nesse incêndio.





Segundo o fotógrafo, os modelos que estão nas fotos são amigos e pessoas que acompanham o trabalho de Vincent nas redes sociais.

— Alguns são ligados à arte. Atores de teatro, cantores. Mas também tem jornalistas, engenheiros.

A produção das fotos buscou horários de menor movimento, segundo Sérgio. O que também mostrou ângulos novos de alguns centros culturais, já que ele quis resguardar os modelos.

Sérgio ressaltou que o nu artístico, usado em forma de protesto não é crime. Mas ainda assim, preferiu tomar cuidados especiais:

— Algumas fotos fiz em um domingo pela manhã, já que o movimento é menor.




Em março deste ano, o R7 DF mostrou o problema dos espaços culturais da capital fechados para reforma ou pelo simples abandono do poder público. No total são cinco espaços inativos, todos pertencem ao GDF (Governo do Distrito Federal): Teatro Nacional, Centro Cultural Renato Russo, MAB (Museu de Arte de Brasília), Centro de Dança, Concha Acústica.

Todos eles foram fechados para reforma, mas os cronogramas estão atrasados e ainda não há previsão de reabertura de nenhum deles.






Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe o seu comentáio----Leave your comment